Colégio Magnum - Uma escola para sempre

Colégio Magnum Cidade Nova - Uma escola completa



Notícias  

Plantão Psicológico

08 agosto 2018

O Magnum implementou o serviço do plantão psicológico para seus alunos. Uma grande conquista, de caráter afetivo e pedagógico, que reflete no desenvolvimento pessoal e escolar do aluno, além de trazer o apoio de relevância aos profissionais responsáveis pelo acolhimento dos alunos dentro do Colégio e para as famílias.
No dia a dia escolar, são trabalhados com nossos alunos o autocuidado e a importância do autoconhecimento, habilidades que necessitam de orientação, acompanhamento e uma linguagem voltada para os jovens que passam por diferentes momentos, de acordo com a sua idade, anseios, realidade e percepção.
A equipe de acolhimento é composta pelos coordenadores de áreas, pedagogos, professores e auxiliares, que realizam um trabalho destinado a atender às demandas dos alunos dentro do Colégio e sua finalidade é a prevenção de doenças mentais nos jovens estudantes.
Para falar sobre o serviço de plantão psicológico, entrevistamos a psicóloga do Colégio Danielle Matos.
Psicóloga, Mestre e Doutoranda em Psicologia/Psicanálise/UFMG.
Psicóloga do Plantão Psicológico do Colégio Magnum Cidade Nova.
Supervisora clínica do Projeto Cavas/UFMG.
Professora de Psicologia da Faculdade FEAD/MG.
Coordenadora da Palavra e Cia – Centro de Especialidades Humanas.

 

ENTREVISTA – Danielle Matos Psicóloga

 

  1. 1.       O que é o plantão psicológico?

É um serviço de acolhimento dentro da escola, para atender aos alunos nas necessidades pontuais. Por exemplo: algum estado de angústia, de ansiedade, de confusão que o aluno precisa encontrar um sentido para alguma experiência de vida, para alguma frustração que ele esteja vivenciando.

 

  1. 2.       Quando será realizado?

O aluno pode procurar o atendimento do plantão às quintas-feiras à tarde, de 14h às 17h, e sextas-feiras pela manhã, de 9h às 12h. É uma busca espontânea e um serviço de porta aberta, não precisa previamente de agendamento. O aluno, quando estiver se sentindo angustiado, vivendo alguma situação difícil e quiser vir aqui no plantão, ele será acolhido nesses horários. Sem precisar de agendamento prévio.

 

  1. 3.       Qual é o enfoque?

O plantão psicológico é o acolhimento do estudante no momento de angústia e prevenção de adoecimento mental, ou seja, é um serviço de promoção de saúde mental dentro da escola.

 

  1. 4.       Quais são as características do serviço e qual a proposta do plantão psicológico no Magnum?

A proposta dentro do Magnum é de um serviço de apoio à equipe de acolhimento que já existe.  

 

  1. 5.       O acompanhamento tem um público-alvo?

É um serviço adicional voltado para alunos, a partir do 7º Ano do Ensino Fundamental até a 3ª Série do Ensino Médio.

 

  1. 6.       Qual a principal contribuição do plantão psicológico na vida dos estudantes?

É um espaço em que o aluno vai ser ouvido, escutado, a gente vai pensar junto para ajudá-lo a elaborar a experiência que está sendo difícil para ele. É uma experiência pontual.

 

  1. 7.       Existe um momento ideal para buscar pelo acompanhamento? Se existe, quando procurar e por que procurar ajuda?

O aluno é o seu termômetro, ele é quem vai dizer qual é o momento em que ele está sentindo uma angústia, quando ele precisa falar. Por ser uma busca espontânea, é ele que vem. Pode até acontecer, se um dia o colega indicar, de um colega trazer um amigo, mas é o aluno que vai buscar espontaneamente o serviço, quando ele sentir necessidade de compartilhar com alguém profissional, que não vai julgá-lo, que vai acolhê-lo, que vai escutá-lo de uma forma terapêutica. 

 

  1. 8.       No momento em que você acompanha o aluno e percebe a necessidade de comunicar aos pais, como é realizado esse manejo, já que o jovem pode não querer ser exposto?

 

Em caso de necessidade, vamos sim comunicar à família. É um dever ético do psicólogo, quando perceber que só esse acolhimento é insuficiente para tratamento de algumas questões. Isso vai ser comunicado aos estudantes, para não quebrar um trato de confiança com o estudante e a família, não só a família, mas às vezes o apoio pedagógico. Em alguns casos, esse tratamento, esse cuidado ético com o estudante, vai precisar envolver outras instâncias e isso vai ser comunicado a ele, se for o caso.  Tudo que o estudante traz, o momento que ele está vivenciando, exige também esse contrato de confiança, para que ele se sinta bem à vontade.

 

  1. 9.       Esse acompanhamento, se necessário, pode acontecer juntamente com os pais ou os responsáveis do aluno?

 

Não é a proposta inicial. A proposta inicial é voltada somente paro o aluno.