COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

Notícias  

Atividades extracurriculares na escola capacitam para o empreendedorismo

07 outubro 2020

   Empreender é mais do que abrir um negócio, é despertar o olhar para novas formas de comunicação, ter atitudes proativas e capacidade de inovar na vida nos diferentes papéis sociais.A habilidade empreendedora é crucial na vida moderna, porque torna os cidadãos mais conscientes do seu papel na sociedade, amplifica sua capacidade de atuar, gerar impactos positivos na própria vida e na convivência com o próximo.

   O sentido de empreender limitado ao mercado de trabalho é muito reducionista, embora seja adotado frequentemente por muitos profissionais e empresas. Na verdade, uma mente empreendedora é capaz de se sobressair em qualquer papel que desempenha na sociedade.

   Portanto, a capacidade empreendedora deve ser estimulada desde muito cedo e não apenas nas universidades e empresas.

      

Empreendedorismo também vem da escola

   No Magnum, acreditamos fortemente no potencial transformador da habilidade de empreender. Pensar diferente e ter atitude, saber agir. Assim, os nossos alunos são preparados para a vida.

   Dessa forma, guiamos nossos alunos no caminho do equilíbrio emocional, capaz de auxiliar qualquer indivíduo a manter o raciocínio nas diversas situações vividas, e acreditamos no princípio da inquietude, que associa valores como a iniciativa, a proatividade, a inovação e a criatividade. Essas são as habilidades das mentes empreendedoras.

   Uma pessoa com iniciativa empreendedora é capaz de se conhecer, contribuir com esforços coletivos e, acima de tudo, consegue se destacar individualmente.

   O Colégio Magnum Cidade Nova prepara os jovens a se conectarem com seu propósito, com o suporte das habilidades socioemocionais e empreendedoras. Para preparar crianças e jovens, a escola estimula essas capacidades nas aulas e por meio de projetos extracurriculares e de empreendedorismo. Nosso objetivo é fazer com que todo e qualquer conhecimento que, transformado em ação, possibilite ao aluno desenvolver uma autonomia responsável.

 

Conheça as habilidades da mente empreendedora estimuladas no Magnum

  • Criativa: capaz de encontrar soluções inovadoras para os diferentes problemas da vida.
  • Proativa: deixa de lado a procrastinação e parte para a atitude pensada, planejada, calculada, isto é, eficiente.
  • Protagonista: faz a diferença para gerar benefícios para si, para aqueles que estão à sua volta e para o mundo.
  • Otimista: a dificuldade é apenas um obstáculo a ser transponível e não um muro de lamentações. Isto é, na adversidade, a mente empreendedora se sobressai e encontra uma oportunidade.
  • Estratégica: é capaz de analisar os cenários, perceber os desdobramentos para diferentes soluções, e construir um caminho para atingir os objetivos.
  • Autoconfiante: tem segurança das suas habilidades e da sua capacidade de transformar. Consegue perseverar nas adversidades.
  • Resiliente: compreende que nem sempre o sucesso e o acerto são possíveis. Sabe retroceder uma casa no jogo da vida, se reorganizar, transformando as não vitórias em aprendizados para o próximo passo.
  • Adaptável: sabe reformular suas decisões e atitudes para conquistar suas metas e até mesmo revê-las.

 

Empreendedorismo na grade extracurricular

   O Empreendedorismo Magnum permite uma experiência de formação completa, ou seja, para além do conteúdo de qualidade ensinado em sala de aula. Com ele, a escola pode desenvolver competências e habilidades essenciais para o futuro do aluno.

   É um programa especialmente amplo, pois seu foco abrange aspectos relacionados ao ensino, ao conhecimento especializado, a experiências do cotidiano e questões éticas. Por meio de experimentos, montagem e execução de projetos, debates e trabalhos, é possível aprofundar itens específicos dos conteúdos estudados em aula, de forma especialmente estimulante e rica. Conferência Magnum de Ciências Naturais (COMACIN), Magnum Sustentável, Simulação Magnum das Nações Unidas (SIMA), Magnum Talks, Magnum MED, Clube de Debates Magnum, Magnum Board Games e o @Magnum são os núcleos desenvolvidos no programa, para estudantes do 6º Ano do Ensino Fundamental à 3ª Série do Ensino Médio que querem ir além. Em outras palavras, é voltado para alunos que buscam empreender no seu conhecimento e se desafiarem usando muitas das modalidades oferecidas.

   A coordenadora do Empreendedorismo Magnum, Alessandra Caixeta, conta que as habilidades em cada projeto são intencionalmente planejadas para serem trabalhadas as específicas. Há um estímulo para o aluno descobrir de forma proativa aquelas habilidades de que precisa. “Os alunos são envolvidos desde a criação, até a colheita dos frutos. Isso faz com que eles se sintam mais responsáveis e mais recompensados. E isso leva cada um a buscar mais experiências criativas", conta.

 

Entenda algumas atividades extracurriculares do Magnum

   Você pode conhecer os núcleos do Empreendedorismo Magnum, como a SIMA, que simula as discussões e situações vivenciadas na ONU. Os participantes se organizam em comitês e simulam a atividade diplomática, isto é, defendem os interesses da política externa dos países que representam. O objetivo é encontrar soluções diplomáticas para temas politicamente delicados e esclarecer, por meio de discussões civilizadas, situações conflitivas.

   Outra iniciativa do empreendedorismo do Colégio é a Conferência Magnum de Ciências Naturais (COMACIN), que também auxilia os estudantes a resolverem conflitos. Aqui, o foco é promover debates sobre temas importantes da área de Ciências Naturais que geram repercussão na sociedade. Nesses eventos, os participantes ganham visibilidade e conseguem desenvolver essas habilidades de forma prática e direcionada.

   Outra iniciativa ligada ao desenvolvimento do aluno como um agente transformador é o Magnum Talks. São promovidos ciclos de palestras, ministrados pelos próprios alunos. Eles apresentam e aprofundam diversos temas, incentivando todos os estudantes que participam das palestras. Autonomia, confiança, criatividade e comunicação são habilidades trabalhadas na atividade.

   Da mesma forma, o Colégio oferece ainda outra atividade extracurricular, com foco no Planeta:  Magnum Sustentável. O projeto visa desenvolver uma cultura de defesa, preservação e conservação do meio ambiente físico, social e cultural. O objetivo é despertar o olhar para diferentes problemas e impactar em pequenas ações inovadoras pertinentes ao universo escolar, além de gerar grandes reflexões e mudanças de comportamento.

 

Excelência em ensino e muito mais

   O ex-aluno César Canal conta que, para ele, o diferencial do Colégio Magnum é extrapolar a preocupação com o sucesso no ENEM e incentivar os jovens a descobrirem seu potencial. "A gente aprende na escola a gerar oportunidades, a olhar a vida com outros olhos, a ser independente. Hoje, gosto de falar em público, descobri meu espírito empreendedor e minha paixão na vida. A sementinha veio do Colégio Magnum", fala.

   Na escola, entre 2012 e 2013, ele desenvolveu uma empresa de almofadas personalizadas. A simulação do Jovem Empreendedor consistiu na criação de um negócio com times de marketing, vendas, logística e confecção do produto. O intuito era estimular o protagonismo para o aluno. Assim, eles podiam pensar as iniciativas que seriam desenvolvidas, as parcerias para divulgação, a arrecadação de fundos e as apresentações.

   "Tudo isso é uma forma de estimular o aluno a tomar o holofote e ver mais longe. Steve Jobs costumava dizer que criatividade é 'ligar pontos'. Assim, quanto mais pontos o aluno tem para ligar – meio ambiente, política, educação financeira, oratória, cidadania – mais criativo ele é", ressalta Alessandra Caixeta.

 

Vamos reforçar o conceito sobre o que é empreender?

   Ser empreendedor significa ser um realizador que produz novas ideias, a partir da união entre criatividade e imaginação. Um empreendedor, em geral, é motivado pela autorrealização, pelo desejo de assumir responsabilidades e de ser independente.

   Esse perfil costuma considerar interessantes e atraentes os novos empreendimentos e propõe sempre ideias e ações criativas. Entre suas características e habilidades pessoais estão a autoavaliação, a autocrítica e o controle do comportamento.

   Em conclusão, para se tornar um forte empreendedor, é preciso reunir imaginação, determinação, organização, capacidade de liderar e conhecer etapas e processos.

 

Empreendedorismo no mercado de trabalho

   E, como todos sabem, o empreendedorismo também está ligado ao mercado de trabalho. Porém, como vimos neste artigo, não somente nesse campo. Vamos falar um pouco do empreendedorismo relacionado ao lado profissional também. Afinal, a vocação do empreendedor no nosso país está em alta.

   Impulsionado pela pandemia do coronavírus, o empreendedorismo "inicial" deve atingir, este ano, o maior patamar dos últimos 20 anos no Brasil. Pesquisa recente do Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feita com apoio do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), indica que 25% da população brasileira está envolvida na abertura de um negócio.

             >> Veja o que mais aponta a pesquisa

O Brasil apresenta a 4ª maior taxa de empreendedorismo inicial – negócios de até 3,5 anos de existência – (TEA = 23,3%) entre os países pesquisados. Essa marca é superior às registradas, por exemplo, nos BRICS, EUA, Colômbia, México e Alemanha. Entre os motivos listados na pesquisa estão a escassez do emprego formal e "fazer a diferença no mundo".

 

Capacidade criativa e confiança para ter atitude

   Uma ideia na cabeça, uma geladeira, um computador e muita fé. Foi assim que o ex-aluno do Colégio Magnum Cidade Nova César Canal começou a empreender com delivery de bebida gelada. Até então, ele era sócio do pai em um negócio na mesma área, mas resolveu seguir sozinho em 2019, acreditando no serviço de entrega em casa.

   Como resultado, aos 21 anos, ele já conta com duas lojas, 30 motoboys e dez funcionários diretos. Posteriormente, com a pandemia, ele viu seu faturamento crescer três vezes mais. "Foi no Colégio Magnum que aprendi a tirar ideias do papel e pôr a mão na massa. Foi em uma palestra para alunos que descobri o meu propósito: mudar a vida das pessoas por meio do empreendedorismo", afirma.

   César Canal participou de vários projetos e atividades extracurriculares do Colégio Magnum, para desenvolver o empreendedorismo, habilidades socioemocionais e a oratória. Entre elas, a Simulação Magnum das Nações Unidas (SIMA), o Magnum Talks e visitas a instituições sociais (antigo Projeto Geração). "Aprendi a ter empatia, a me relacionar com as pessoas, a ter responsabilidade. O Magnum me influenciou a pegar para fazer, mesmo sentindo um frio na barriga. Enxerguei meu caminho e tive a garra de botar em ação”, diz o ex-aluno.

 

E você, identificou se tem habilidades empreendedoras ou conhece alguém que deseja ter? Comente aqui e compartilhe este artigo em suas redes sociais. Estamos no Instagram, Facebook, Linkedin, YouTube.

Venha conhecer uma escola completa. Visite o Magnum. Venha descobrir o que mais temos a oferecer.