COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

Notícias  

Ouça o chamado da transformação espiritual

04 agosto 2020

Ouça o chamado da transformação espiritual

   “Se alguém tiver recursos materiais e, vendo seu irmão em necessidade, não se compadecer dele, como pode permanecer nele o amor de Deus?”

   O ensinamento deixado pelo apóstolo João cai como uma luva no momento que vivemos, marcado pela crise do coronavírus. Nesse contexto, o exercício constante da compaixão e da empatia pelo próximo é o que definirá nosso futuro como sociedade. 

   Para o coordenador da Espiritualidade Magnum, Breno Marcos, o surgimento da pandemia é um convite para toda a humanidade passar por uma transformação espiritual.  O educador alimenta sua esperança ao conviver com alunos de todas as idades, da Educação Infantil ao Ensino Médio, e suas famílias.

   “Um dia desses, uma aluna minha, filha de uma médica que está tratando pessoas com COVID-19, convidou toda a turma para uma prece em favor dos profissionais de saúde e seus pacientes. Ver os jovens tendo essa preocupação com o próximo nos mostra que um mundo novo e diferente é, sim, possível”, comentou.

   Muitos estudantes e suas famílias têm demonstrado aquela inquietude de quem não tolera ficar de braços cruzados diante do sofrimento do outro. Prova disso é o grande envolvimento e interesse nas ações sociais que realizamos em prol dos menos favorecidos nesse período de pandemia, como a arrecadação de alimentos, por exemplo.

   Para o professor Breno, a pandemia facilitou a percepção da sociedade quanto à forma equivocada de conduzir a vida, pouco preocupada com o outro. Essa nova realidade nos direciona a reforçar em nós mesmos os valores da solidariedade e coletividade. A construção de um mundo mais justo e humano para todas as pessoas requer esse comprometimento com o outro.

   O isolamento social, portanto, gerou uma transformação no nosso olhar ao próximo. Essa conduta nos aproxima do segundo mandamento: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo!” (Mt 12,30-31), conforme pontua o Padre Flávio Sobreiro no lindo texto publicado no Portal Canção Nova. Toda essa crise inaugurou um novo tempo de aprendizado e cabe a cada um de nós tirar o máximo proveito das lições que a pandemia ensina. Mais do que nunca, é preciso combatermos o mal da indiferença. Não podemos nos anestesiar diante do sofrimento alheio.

 

Faça a sua parte

   Vale lembrar que a Campanha da Fraternidade 2020, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), também nos convida ao exercício da compaixão. Com o tema “Dom e compromisso”, faz uma referência à parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37). Essa história nos revela o comportamento daquele que parou, teve compaixão e ajudou ao próximo. Transformando o discurso em prática, a CNBB está conduzindo a Ação Emergencial Solidária “É tempo de cuidar”, em parceria com a Cáritas Brasileira.

   Essa importante dimensão do cuidado com o próximo também está presente no projeto Espiritualidade Magnum, que desenvolve diversas ações voltadas ao resgate da convivência, da compaixão e da solidariedade humana. O envolvimento de toda a comunidade escolar é de extrema importância, pois juntos somos mais fortes e podemos fazer a diferença na vida de muitas pessoas em situação de vulnerabilidade.

   Para alimentar o espírito e mergulhar no exemplo de Cristo, o professor Breno Marcos indica o elogiado livro “Em seus passos, o que faria Jesus?”, que narra as profundas mudanças ocorridas quando um pastor desafia sua comunidade a praticar a fé em Jesus Cristo. 

 

Gostou deste artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais. Estamos também no InstagramFacebookLinkedinYouTube.