COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

COLÉGIO MAGNUM CIDADE NOVA

UMA ESCOLA COMPLETA

Notícias  

Projeto de vida e carreira: como ter autonomia para planejar o seu futuro

22 agosto 2021

Teste vocacional, mostra de profissões, entre outras ferramentas, podem ser utilizados para auxiliar os jovens na tão importante decisão quanto aos caminhos profissionais a seguir. Porém, além da escolha de uma graduação nessa fase da vida, também é possível expandir o olhar para outras metas de futuro.

Para ajudar seus alunos, o Magnum Cidade Nova oferece a Unidade Eletiva Projeto de Vida e Carreira, que integra o programa Habilidades para a vida. Assim como as outras disciplinas optativas (conheça aqui as ofertas de 2021), o Magnum procura oferecer uma formação completa, focada na autonomia e nos aspectos formativos do indivíduo. As Unidades Eletivas complementam a matriz curricular e oferecem oportunidades de aprendizado e diálogo sobre diferentes áreas do conhecimento.

 

A criação de uma unidade curricular voltada para o futuro

A psicóloga e orientadora profissional Ligia Franckevicius conta que a unidade extracurricular parte da expansão da disciplina de Orientação Profissional. Entre os temas abordados na Unidade Eletiva estão mercado de trabalho, autoconhecimento, áreas de atuação, profissões e criação de um projeto de vida e carreira.
Ligia explica que abre espaço para conversar com os alunos, “por meio de atividades e reflexões sobre autoconhecimento. Assim, eles ampliam seu entendimento das aptidões, competências e habilidades que possuem”. Além disso, são utilizadas estratégias, como testes vocacionais, que evidenciam a inclinação natural para uma certa área profissional.

Ao lado do conhecimento de si mesmo, as aulas também destacam a informação como outro pilar. “Abordamos diferentes profissões, áreas de atuação, mercado de trabalho, média salarial, rotina de trabalho e muito mais. Fazemos muitas reflexões ao falar sobre carreira e o seu significado na vida da pessoa”.

O trabalho socioemocional para o projeto de vida

Além dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, a linha pedagógica do Magnum busca desenvolver habilidades socioemocionais para a formação humana dos alunos. São habilidades como empatia, persistência, resiliência, tolerância, entre muitas posturas essenciais para a vida, não apenas para o futuro profissional.

É parte desse processo, de acordo com Ligia, cuidar para que os alunos consigam empregar seus valores e habilidades no dia a dia das profissões. “Por meio de exemplos, mostramos a realidade de como utilizar essas aptidões socioemocionais na prática”. A ideia, complementa ela, é sair das preconcepções das carreiras para um cenário mais real.

Das habilidades trabalhadas, uma que a psicóloga considera essencial no mercado de trabalho é a flexibilidade. “Entender que uma escolha não necessariamente vai ser pelo resto da vida, é possível atuar muito tempo na profissão escolhida na juventude, mas isso não precisa ser algo definitivo. É possível fazer outras escolhas, trocar, mudar de ideia e tudo bem. Além disso, ao seguir novos rumos, pode ser de grande pertinência continuar usando a bagagem de aprendizados e experiências anteriores”.

Um olhar cuidadoso para a autonomia

Um dos relatos de ex-alunos que Lígia escuta é sobre o cuidado individualizado que o Colégio Magnum Cidade Nova oferece durante a formação dos estudantes. “Temos um grande foco em estimular o desenvolvimento da autonomia dos alunos. Dessa forma, minimizamos possíveis choques entre a vida de estudante no colégio e graduando do ensino superior”.

Então, a orientadora acredita que “o papel da escola é muito importante, no sentido de dar suporte para o aluno ter condições de fazer e vivenciar suas escolhas”. No entanto, a professora da Unidade Eletiva Projeto de Vida e Carreira conta que, durante a aula de Orientação Profissional, já se deparou com alunos que buscam uma resposta pronta sobre qual curso do ensino superior deve fazer. A riqueza da interação e da orientação é ajudar os alunos a se movimentarem e se descobrirem para encontrar a sua resposta”.

“O meu papel também é estimular a autonomia. Sempre sugerimos aos alunos a pesquisar sobre as atuações profissionais, a perguntar sobre a rotina para as pessoas que atuam na profissão que almejam. Sugerimos caminhos para que eles se encontrem na escolha profissional, que é uma busca pessoal também”.

Ligia conta ainda que a recepção das turmas à disciplina tem sido muito positiva e esse é o resultado do envolvimento do Colégio, que está sempre aberto ao diálogo sobre a realidade e as expectativas em torno do futuro dos alunos.